Para os amantes da gastronomia começa hoje a sétima edição do Galleria Gourmet

O tradicional projeto gastronômico do Galleria Shopping começa nessa terça-feira dia 5 e vai até dia 31 de maio

Modernidade é a palavra de ordem da nova edição do Galleria Gourmet 2015, que reunirá chefs renomados em aulas-shows para seletos grupos de convidados nas noites de terças e quintas, workshops às quartas-feiras e aulas para crianças aos finais de semana, ambos abertos a todos os interessados. 


Quem abre o evento é Jefferson Rueda do badalado Restaurante Attimo em São Paulo, seguido por Pascal Valero (Maremonti, 07/05), Claudia Porteiro (12/05), Lourdes Botura (Badebec, 14/05), Priscila Deus (Pobre Juan, 19/05), Raimundo Gonçalves (Kilimanjaro, 21/05), Kendi Matuzita (Daitan, 26/05) e Tatá Cury (28/05). O evento ainda reservou happy hours para receber representantes do mundo da gastronomia que vem despontando cada vez mais e ganhando espaço. Uma das atrações será Elisa Fernandes vencedora do programa MasterChef Brasil. Elisa fará um workshop às 17h e, às 19h, no dia 13 de maio e seguirá para a Livraria da Vila, onde comandará o lançamento do livro MasterChef Brasil – As receitas de Elisa Fernandes

O espaço equipado com uma cozinha totalmente automatizada, recebeu a assinatura da arquiteta de interiores Paula Pilla e da designer de interiores Raquel Mansur Ruiz, que projetaram o local pensando na proximidade do público. Os grupos acompanharão a preparação de um cardápio completo, seguida de degustação. A proximidade com o palestrante é grande, favorecendo a interação com o público.“Pensamos em sabores, atrações e ares contemporâneos e em atividades extras para ampliar ainda mais o alcance deste evento que já é tão aguardado e disputado por nossos clientes”, afirma a gerente de marketing do Galleria, Regina Mello.


Paralelamente, serão realizados workshops abertos aos clientes do Galleria, nas tardes e noites de quarta-feira, em dois horários, às 17h e às 19h. Abrindo o calendário, no dia 06, o chef Mauro Mason irá ensinar a preparação de endívias gratinadas. No dia 13 de maio, a programação será especial e serão recebidas turmas em três horários. Às 17h, Elisa Fernandes mostrará o preparo de seu crumble de morango, enquanto às 18h30 e às 19h30, a chef Isabella Dias ensinará como se faz uma torta de pesto de rúcula e tomate seco funcional, sem glúten e sem lactose. Os workshops seguirão nos dias 20, com Helena Paulino e Marília Luz, do Malabarista Cafés Especiais (trio de sensações – café especial, cachaça artesanal e pedaços de rapadura) e 27 de maio, com Tali Ornellas (panelinha de caranguejo com farofa de açaí).  



Aos finais de semana, o cenário será reservado ao Gourmezinho, com aulas para os pequenos gourmets, aos sábados e domingos, em três sessões diárias, às 15h, 16h e 17h.  Confira os temas das oficinas: Quiche de queijo e tomatinhos (chef Luciano Antonello, 09/05), Brigadeiro recheado com bolo de cenoura (chef Bianca Porteiro, 16/05), Chocopops – pipoca com chocolate (chef Leticia Checchia, da Le Jolie, 17/05), Cupcake de vaso (blogueira Gabriela Rossi, 23/05), Mini hambúrguer gourmet assado (Rafael Blaya, 24/05), Brownie Pops (Daniela Kikuta, da Brou’nè, 30/05) e Cone da Alegria (Raquel, da equipe Dolce Freddo, 31/05). 

Tanto para os workshops como para o Gourmezinho, será necessário fazer inscrição prévia no site do shopping (www.galleria.com.br) ou por meio do aplicativo do shopping para smartphones. As vagas, gratuitas, serão preenchidas por ordem de inscrição. Recomenda-se chegar 30 minutos antes do horário marcado para início das aulas. Para ambos, serão 50 vagas por horário. Caso sobrem vagas, as inscrições poderão ser realizadas também no local, antes do início das aulas.

Outra novidade desta edição será um happy hour para convidados do Outback Steakhouse que movimentará o cenário no dia 29, sexta-feira. O restaurante servirá chope e seus famosos petiscos para os presentes.  
A edição 2015 do Galleria Gourmet tem patrocínio da Baden Baden, Chandon, Elettromec e Celmar e apoio de La Lampe Iluminação, Bluebox, Brou’nè, St. James, Livraria da Vila, Empório La Poltrona, Polishop, Tramontina, Decor Banho, Projeto Sign – Comunicação e Sinalização Visual, Les Coussins, Gabbeh, Claudia Porteiro Buffet e Natura Ekos. 

Conheça os chefs do Galleria Gourmet 2015 e seus cardápios


05/05 – Jefferson Rueda – Attimo
Boas-vindas: Croquete de carne de panela
Entrada: Lagostins, beterraba e lardo de porco
Prato principal: Cabrito de leite assado, cará, chicória e azeitonas pretas
Sobremesa: Tiramisu de hibiscus 
Quem é: Jefferson Rueda nasceu em São José do Rio Pardo, interior de São Paulo. Ainda criança se encantou pela gastronomia e durante dois anos trabalhou como açougueiro em sua cidade natal. Lá, aprendeu a destrinchar bovinos e suínos, de que se orgulha. Aos 17 anos, Jefferson formou-se chef internacional no SENAC, e então migrou para São Paulo, onde trabalhou em alguns dos principais restaurantes da cidade. Tempos depois, embarcou para a França, onde estudou no Le Cordon Bleu e estagiou no Apicius, entre outras casas. De volta ao Brasil, trabalhou também no Cantaloup e Parigi e, só neste último, foram sete anos ao lado do chef Laurent Suaudeau. Foi com Laurent que imergiu na gastronomia francesa, decidindo dedicar-se à cozinha contemporânea de base francesa e ingredientes brasileiros. Porém, sua ligação com a cozinha italiana é forte. Foram oito anos trabalhando nesse segmento em São Paulo, além de realizar cinco grandes viagens à Itália, nesse período, onde conheceu o país de norte a sul. No Attimo, emprega a técnica francesa, a experiência italiana e sua raiz caipira. Para este desafio, o chef passou uma temporada de seis meses, em 2011, em renomadas cozinhas espanholas e duas pequenas fábricas de embutidos dedicadas às receitas suínas, que inspiraram alguns preparos de sua nova casa.

07/05 – Pascal Valero
Entrada: Arancini
Prato principal: Rigatoni com ragu do chef
Sobremesa: Panna Cotta de limão siciliano
Quem é: Nascido na cidade francesa de Carcassone, Pascal Valero, de 42 anos de idade, mudou-se para o Brasil em junho de 2002, quando inaugurou a cozinha do restaurante Eau, no Hotel Grand Hyatt, em São Paulo. Oriundo dos restaurantes de Alain Ducasse, no hotel Paris, em Montecarlo, e Tailleveint, em Paris (ambos com três estrelas no guia Michelin), Pascal Valero é chef consultor da cozinha do Maremonti Tratoria & Pizzeria, que possui unidade no Galleria Shopping, e dos outros restaurantes do empresário Arri Coser.

12/05 – Claudia Porteiro
Entrada: Supremo de frango ao molho Trifolati
Prato principal: Conchiglione recheado com brócolis e creme de gorgonzola
Sobremesa: Torta Negresco com calda de frutas vermelhas
Quem é: Nutricionista de formação, cozinheira por paixão, banqueteira predestinada. Claudia Porteiro, 51 anos, desenvolveu aptidão para a culinária com a mãe. Um dia, a aprendiz de cozinheira acreditou que seria capaz de elaborar pratos tão especiais quanto os de Dona Aparecida e a transformar uma refeição, por mais simples que seja, em um momento de prazer. Em busca de novos sabores e novidades, Claudia, que já cursou na ÉcoleLenôtre, em Paris, participa com frequência de cursos com chefs renomados e das melhores feiras gastronômicas nacionais e internacionais, como a NRA Show, o maior evento do segmento dos Estados Unidos. Como inovar sempre é lema do Claudia Porteiro Buffet, os cardápios são recriados e aperfeiçoados constantemente, em especial os canapés, que são o grande diferencial da empresa.

14/05 – Lourdes Botura
Entrada: Salada de raviolli de zucsa com pupunha e camarões
Prato principal: Pescada amarela com coulis de aspargos e tomates frescos
Sobremesas: Panaché de sobremesas Badebec
Quem é: Formada pela Faculdade de Belas Artes de São Paulo, Lourdes Botura, à frente da rede de restaurantes Badebec, que possui unidade no Galleria Shopping, sempre teve a gastronomia como hobby dedicado a familiares e amigos. Mas foi em seu primeiro curso de cozinha francesa, com o chef Emmanuel Bassoleil, que decidiu fazer da gastronomia um legado: intensificou pesquisas, aprimorou-se em viagens mundiais e fez cursos com outros chefs renomados quando, então, decidiu-se pela abertura do primeiro restaurante até chegar à marca Badebec. Além dos quatro estabelecimentos da marca, posicionados na história gastronômica do país, Lourdes idealizou também mais dois restaurantes com itens saudáveis e vegetarianos – Babiló –  além de um bufê diferenciado para festas e eventos. Desde a sua concepção, a marca Badebec tornou-se consagrada também, há mais de 12 anos, a partir do conceito de principal restaurante da mostra de arquitetura e design de interiores Casa Cor, de São Paulo.

19/05 – Priscila Deus – Pobre Juan
Entrada: Arroz Biro-Biro
Prato Principal: Steak tartare
Sobremesa: Pudim
Quem é: Formada em Gastronomia pela universidade Anhembi Morumbi, a chef começou a se envolver com gastronomia quando trabalhou na lanchonete da família. Foi estagiária e trabalhou por um ano e meio com o chef francês Érick Jacquin. Priscila teve experiências internacionais em restaurantes como os espanhóis Martín Berasategui (três estrelas no Guia Michelin) e Arzak (três estrelas no Guia Michelin e eleito um dos dez melhores restaurantes pela lista The World’s 50 Best) e o inglês The Greenhouse. De volta ao Brasil, assumiu a cozinha do 210Diner, restaurante com cardápio tipicamente americano de Benny Novak. Adepta das ervas frescas, dos sabores naturais e das técnicas da alta gastronomia francesa, Priscila foi convidada, em 2011, a assumir a cozinha das casas do Pobre Juan, onde mescla seu estilo aos tradicionais pratos argentinos servidos no restaurante.

21/05 – Raimundo Gonçalves – Kilimanjaro
Entrada: Trouxinha de massa philo ao shot de tomate
Prato Principal: Lombo de cordeiro ao molho de hortelã e purê rústico ao salsão
Sobremesa: Torta de maçã caramelizada
Quem é: Acumula diversos cursos em seu currículo, como o de cozinha contemporânea italiana, cozinha diet e light, cozinha tailandesa e cozinha quente. Participou de grandes feiras de alimentação e programas de TV e trabalhou por mais de dez anos na cozinha de renomadas redes de hotelaria, no Brasil. Tudo isso antes de se tornar chef do restaurante Kilimanjaro.

26/05 – Kendi Matuzita – Daitan
Entrada: Salada de folhas e brotos ao molho de wasabi, Konomi trufado de salmão, Uramakiebiten e atum Taraki
Prato Principal: Salmão grelhado e Goham com camarão
Sobremesa: Banana flambada com calda de laranja e sorvete de creme
Quem é: Nascido em São Paulo, Kendi Matuzita é formado em Administração de Empresas e em Criação e Estilo. Neto de imigrantes japoneses, conviveu desde a infância com os costumes e tradições da terra natal de seus avós. Foi no Japão, onde viveu por dois anos, que começou a interessar-se pela culinária japonesa. Em Campinas desde 1979, foi gestor de uma rede de restaurantes japoneses até decidir por seu próprio negócio. O nome do empreendimento foi escolhido com cuidado: Daitan que, traduzido para o português, significa “ousadia”. Embora seja Kendi quem comanda a cozinha do Daitan, ele não abre mão das opiniões de Ricardo Shimamoto, chef do sushibar do restaurante, já que o objetivo é explorar o que há de melhor na tradicional culinária japonesa. Neto de japoneses, Ricardo, ou Japa, como é conhecido, ensina que o bom sushiman não é o que tem maior habilidade com os alimentos, mas o que segue os preceitos japoneses de utilização (Seiri), ordenação (Seiton), limpeza (Seisō), saúde (Seiketsu) e autodisciplina (Shitsuke).

28/05 – Tatá Cury
Boas-Vindas: Bolinhos de arroz da Tatá
Entrada: Salada de folhas novas e brotos com batatas rústicas e pó de bacon
Prato principal:Picadinho com nhoque de banana da terra
Sobremesa: Spumonni Verti e Algodão Doce


Quem é: Tatá Cury se dedica a projetos de gastronomia sob medida há 28 anos. A banqueteira cria cardápios exclusivos para cada cliente e sua marca registrada é a pesquisa de gastronomia, que não se restringe somente a estudos literários, mas também inclui contato com pessoas e viagens, o que permite constante reciclagem de seus conhecimentos.  Esse envolvimento cultural faz com que suas receitas tenham uma raiz simples, minimalista, mas com toques contemporâneos e sofisticados que aparecem principalmente nos ingredientes – obrigatoriamente, os de melhor qualidade, mais frescos e com origem certificada – além de apresentação diferenciada com o uso de louças, tecidos charmosos e outros adereços. O gosto pela cozinha apareceu quando ainda era menina, na fazenda de sua família. Seu pai leiloava gado e ela, destemida, preparava receitas para os fazendeiros mais íntimos da casa que iam até sua propriedade para fazer negócio. Como seu pai também gostava de cozinhar e esse era um momento de aproximação entre pai e filha, Tatá sempre encarou o trabalho na cozinha com muito prazer. Daí para se tornar cozinheira profissional foi um pulo. O fogão à lenha da fazenda de sua família em Poços de Caldas continua sendo seu maior aliado e faz as vezes de laboratório. É nele que Tatá testa suas receitas e reafirma os laços com um lugar de grande importância em sua vida. Antes mesmo de se tornarem tendências, a gastronomia regional e a sustentabilidade já eram aspectos há tempos priorizados por Tatá.  Ela prima pela utilização de materiais ecologicamente corretos na montagem de seus pratos, marcados por releituras criativas de clássicos da cozinha brasileira. Sua atenção às tendências e sua inventividade em produzir visualmente seus eventos permitiram que ao longo de sua carreira se tornasse um nome muito forte no mercado gastronômico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *